EFEITOS DA INGESTÃO DE PROTEÍNAS NO DIABETES MELLITUS TIPO 2

Dietas hiperproteicas são defendidas por alguns pesquisadores como estratégia para facilitar a perda de peso em comparação com outras estratégias de restrição energética. A hipótese seria de que as pessoas com diabetes mellitus tipo 2  (DM2) poderiam se beneficiar com dietas hiperproteicas devido ao melhor controle da glicose sanguínea. Será que isso realmente acontece?

Uma metanálise publicada em 2020 na Nutrients analisou o efeito da ingestão de proteínas no metabolismo, nos biomarcadores, na pressão arterial e na perda de peso em pessoas com DM2. 

Os resultados apontaram que não houveram diferenças significativas em relação ao colesterol HDL e LDL, nos grupos com dieta hiperproteica e hipoproteica. O mesmo se aplica para a hemoglobina glicada (HbA1c). Entretanto, foram observadas reduções significativas na pressão arterial sistólica e diastólica, melhora modesta do metabolismo e maior redução de peso em dietas hiperproteicas. 

Os resultados positivos podem estar relacionados aos efeitos do consumo de aminoácidos na regulação de hormônios anorexígenos, como Peptídeo YY, GLP-1 e CCK, suprimindo reações cerebrais que estão atreladas ao aumento do apetite. Além disso, o consumo proteico também aumenta o tempo de esvaziamento gástrico e promove maior efeito sacietogênico, podendo até contribuir no processo de emagrecimento. Desta forma, a redução de peso poderia favorecer a diminuição da pressão arterial, bem como modular os ajustes metabólicos do paciente. 

Ao que parece um intervalo de ingestão de proteínas 15% a 20% do VET pode ser razoável em longo prazo no manejo do paciente com DM2.

REFERÊNCIA

Pfeiffer AFH, Pedersen E, Schwab U, et al. The Effects of Different Quantities and Qualities of Protein Intake in People with Diabetes Mellitus. Nutrients. 2020;12(2):365. Published 2020 Jan 30. doi:10.3390/nu12020365

Atenciosamente,

Tatiana Palotta Minari – CRN 50.979

*Nutricionista formada pela Universidade Federal de São Paulo/ UNIFESP.

*Doutoranda em Ciências da Saúde com ênfase em Diabetes pela FAMERP.

*Mestrado em Psicologia e Saúde com ênfase em Transtornos Alimentares pela FAMERP.

*Pós-graduação em Nutrição e Suplementação Esportiva: da Bioquímica e Fisiologia à Prática pela FAMERP.

*Atendimentos: 1- Clínica Estética e Nutrição; 2- Pelle Medical Center.

*Consultora de Controle de Qualidade e Segurança Alimentar para Restaurantes.

*Contato/ WhatsApp: (17) 981434200.

*E-mail: tatianaminari@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

WhatsApp Fale Conosco